Você está aqui:

Estudo diz que o atendimento nos supermercados é frio e impessoal

ABEP Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa

22/12/2016

A pesquisa Hipermercados e Supermercados no Brasil, realizada pela Shopper Experience, aponta que 83% dos clientes secretos ouvidos, em uma amostra composta por 2.948 pessoas (SP e RJ), apontou frieza nos processos de atendimento e os profissionais que atuam nas lojas pecam pela falta de calor humano.

Os clientes são carentes de bom acolhimento, presteza em informações, mesmo em autosserviços, e excelência no relacionamento. Muitos recorrem a esses locais para comparar preços. O calcanhar de Aquiles é a hora de pagar no checkout. Muitos optam por lugares mais caros em busca de boa receptividade.

“Os relatos dos clientes foram muito claros no que diz respeito ao atendimento, classificado como frio, distante e mecânico. Na prática, esses consumidores se ressentem dessa frieza, pois a experiência de compra deve ser prazerosa, mesmo em compras rotineiras. É um momento de reunir a família; de sair de casa. Portanto, o atendimento de excelência traria a essa família mais acolhimento neste momento”, analisa Stella Kochen Susskind, presidente da Shopper Experience.

Responda Aqui:

ColetivaWeb