Você está aqui:

Marcas devem rever seus conteúdos nas redes sociais

ABEP Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa

13/10/2016

Levantamento Connected Life (Kantar TNS) observou o comportamento digital de 70 mil em 57 países. No mundo, 26% dos entrevistados afirmaram que ‘saíram do seu caminho’ para evitar o conteúdo de marcas, um número que subiu para 57% na Suécia e na Dinamarca. Essa porcentagem foi menor na Arábia Saudita (15%) e no Brasil (19%). Muitos consumidores se sentem bombardeados pela presença das marcas em plataformas sociais, com 34% têm a sensação de estarem sendo “constantemente perseguidos” pela publicidade on-line.

A pesquisa também detectou que as marcas precisam pensar mais antes de criar seus conteúdos digitais. Um exemplo disso é o Facebook, que contribuiu com a rápida ascensão do Snapchat e do Instagram. Entre os entrevistados, 23% dos usuários da internet já estão no Snapchat, com um salto de 12% em apenas dois anos. O Instagram também tem aumentado a sua adesão, com o uso global crescendo de 24% em 2014 para 42%.

Responda Aqui:

ColetivaWeb