Você está aqui:

Receita com o carnaval deverá ser a menor dos últimos três anos

ABEP Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa

15/02/2017

Estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) mostra que as atividades turísticas ligadas ao carnaval podem movimentar, em 2017, aproximadamente R$ 5,8 bilhões. Os segmentos de alimentação fora do domicílio, tais como bares e restaurantes (R$ 3,31 bilhões), transporte rodoviário (R$ 977,9 milhões) e os serviços de alojamento em hotéis e pousadas (R$ 652,5 milhões), responderão por mais de 85% de toda a receita gerada com o maior feriado do calendário nacional.

No plano regional, os Estados do Rio de Janeiro (R$ 2,4 bilhões) e de São Paulo (R$ 1,5 bilhão) deverão concentrar 68,2% da receita do setor no período. Destacam-se ainda as movimentações em Minas Gerais (R$ 332,7 milhões) e em três Estados da região Nordeste: Bahia (R$308,7 milhões), Ceará (R$140,3 milhões) e Pernambuco (R$131,4 milhões). No entanto, a receita prevista para este ano será 5,7% menor que aquela apurada para o mesmo período de 2016, registrando o pior desempenho para esse período em três anos. Isso decorre da retração real da renda e dos ajustes frequentes no orçamento das famílias.

Responda Aqui:

ColetivaWeb