Você está aqui:

Em 2016, 6,9 milhões de domicílios dependiam do sinal analógico de TV aberta

ABEP Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa

16/03/2018

Cerca de 6,9 milhões de domicílios brasileiros (10,3% do total) ainda dependiam do sinal analógico aberto para assistir a televisão no quarto trimestre de 2016. Foi o que mostrou o Suplemento de Tecnologia da Informação e Comunicação da Pnad Contínua, divulgado dia 21 de fevereiro de 2018.

Essas residências ficariam sem meios de assistir a TV no caso do desligamento do sinal analógico aberto, o que está previsto para acontecer até 2023 em todo o País. São domicílios que não contam com TV por assinatura, conversor para o sinal digital ou antena parabólica. Até o fim de 2018, o sinal analógico terá sido desligado em aproximadamente 1.400 municípios brasileiros.

Saiba mais: https://goo.gl/W7Cnwv

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

3 + sete =

ColetivaWeb