Você está aqui:

FGV aponta, em setembro, queda no Índice de Confiança do Consumidor

ABEP

30/09/2015

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) recuou 5,3% em setembro de 2015, revelou o Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Segundo o levantamento, as pessoas estão planejando mais os seus gastos e revelam maior cuidado com as economias.

Segundo Viviane Seda Bittencourt, coordenadora da Sondagem do Consumidor, a queda do ICC, em setembro, decorre da piora de expectativas ao longo dos últimos 12 meses: enfraquecimento da atividade econômica, com reflexo crescente no mercado de trabalho, aceleração da inflação e aumento da incerteza. A acadêmica acrescentou que, para mudar esse cenário “será necessária uma sucessão de boas notícias no front econômico e da atenuação das tensões no ambiente político”.

De acordo com a sondagem, em setembro, o Índice da Situação Atual recuou 6%. A compra de bens duráveis foi o fator que mais contribuiu para o recuo do Índice de Expectativas (IE), que teve queda de 5,4%. A sondagem feita pela FGV abrangeu 2363 domicílios, no período de 1 a 21 de setembro.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

9 × = quarenta cinco

ColetivaWeb