Você está aqui:

Médicos da América Latina identificam que 50% dos pacientes graves de COVID-19 estão na faixa dos 40 aos 65 anos

ABEP Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa

20/04/2020

A “Pesquisa Médica Regional sobre COVID-19” – estudo realizado pela Fine Panel em 13 países da Amárica Latina, com 2.253 médicos, dos quais 530 brasileiros – identificou que, diferentemente do observado na Europa, é possível que na AL a composição etária dos pacientes críticos esteja mudando. O relatório aponta que por aqui o grupo de pacientes críticos, com mais 65 anos, representa 25% das pessoas que desenvolveram a doença, enquanto cerca de 50% daqueles que também atingem o estágio grave da moléstia estão na faixa dos 40 aos 65 anos.

O levantamento mostra também 58% dos médicos ouvidos acreditam que serão necessários mais de dois meses para o controle do coronavírus na região e a volta à normalidade. Entre os médicos brasileiros, esse índice é mais alto, chegando a 65%. Como perspectiva futura, os profissionais da saúde consideram que as medidas restritivas devem ser mantidas por um período superior a dois meses.

Saiba mais: https://bit.ly/2K7eefZ

#COVID19 # FinePanel #PesquisaMédicaRegional

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

nove + = 15

ColetivaWeb