Você está aqui:

Situação do Brasil deve piorar para 66% dos empresários, aponta pesquisa

ABEP

23/11/2015

Levantamento realizado pela TNS Brasil, em parceria com a Acrefi, revela que a situação econômica do Brasil deve piorar para 66% de um total de 1.000 empresários ouvidos entre os dias 5 e 14 de outubro, em todas as regiões do Brasil. A oferta de crédito deve piorar para 68% dos entrevistados. Ainda para 72% dos pesquisados, o consumo das famílias deve ser reduzido. A preocupação em relação ao futuro atingiu 66% dos entrevistados, sendo que somente 18% veem algum sinal de otimismo.

No mesmo estudo, apenas 11% acreditam que a presidente Dilma Rousseff vai obter êxito no combate à inflação e 6% em que ela vai conseguir promover uma reforma política. Em 2014, o número que marcava a crença de que a presidente conseguiria combater a inflação era 46% e o que marcava a crença no sucesso na reforma política era 43%. A reforma política é a principal prioridade para 27% dos entrevistados. O combate à inflação era prioridade para 24%. Para 22%, a prioridade é a retomada do crescimento.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

1 × = cinco

ColetivaWeb