Você está aqui:

Trocar a lâmpada não significa que o homem ajuda nos afazeres domésticos

ABEP Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa

23/03/2018

Entre diversos dados extraídos da última Pnad Contínua, o estudo revela que as mulheres dedicam quase o dobro de horas aos cuidados e aos afazeres. Em 2016, a média de horas dedicadas por aqui era de 16,7 horas por semana, com grande discrepância entre homens e mulheres: 11,1 horas, em média, para os homens e 20,9 horas, em média, para as mulheres.

Em relação ao tipo de tarefa realizada no próprio domicílio, as mulheres apresentaram percentual maior em quase todas as atividades selecionadas, exceto “fazer pequenos reparos ou manutenção do domicílio, do automóvel, de eletrodomésticos etc.” − tarefa realizada por 65,0% dos homens envolvidos em afazer doméstico (contra 33,9% das mulheres).

Merece destaque a grande discrepância nas tarefas “Preparar ou servir alimentos, arrumar a mesa ou lavar louça” e “Cuidar da limpeza ou manutenção de roupas e sapatos” entre mulheres e homens: 95,7% frente a 58,5% e 90,8% frente a 55,7%, respectivamente).

Saiba mais: https://goo.gl/JUS9xT

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

8 − seis =

ColetivaWeb