Você está aqui:

Equilíbrio do orçamento doméstico é destaque entre famílias do Nordeste

ABEP Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa

05/09/2019

Estudo da Kantar sobre o Nordeste brasileiro identificou que a região representa 25% dos domicílios nacionais, por contribuir com apenas 15% do PIB do País. A mesma pesquisa revela que o Nordeste – assim como acontece também na região Norte – se diferencia do restante do Brasil pela alta concentração de domicílios da classe DE, 47% versus 24% no Brasil, esse retrato influencia na dinâmica de consumo na região.

Apesar do Nordeste ter a menor renda média domiciliar mensal do País, R$ 2.489 versus R$ 3.173 do total Brasil, ela se destaca porque as famílias conseguem, mesmo assim, equilibrar o orçamento doméstico, ficando atrás apenas do Estado de São Paulo. Em relação ao consumo, alimentos e bebidas têm um peso importante dentro dos lares nordestinos e comprometem 26% do orçamento doméstico. Nas cestas os itens que mais se destacam são mercearia/doce e higiene/beleza, que, além de elevada importância, apresentam o maior gasto médio por domicílio.

Saiba mais: encurtador.com.br/wBILX

3 Blog

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

nove + = 11

ColetivaWeb